Now Reading
Belo Horizonte tem primeiro domingo de junho com atos antifascistas e antirracistas

Belo Horizonte tem primeiro domingo de junho com atos antifascistas e antirracistas

Seguindo a onda de manifestações pró-democracia que acontecem no Brasil e também pelos protestos que se espalham pelo mundo desde que o norte-americano George Floyd foi morto em uma operação policial nos Estados Unidos, Belo Horizonte teve, neste último domingo (7 de Junho), dois atos antifascistas e antirracistas convocados por mídias antifa das torcidas locais Atlético e Cruzeiro e pelo movimento #VidasNegrasImportam.

Com concentração marcada para 11h na Praça da Bandeira, no bairro Mangabeiras, o ato antifascista fez uma passeata percorrendo a Avenida Afonso Pena, Rua da Bahia, Augusto de Lima, Espírito Santo, até voltar à Afonso Pena e chegar na Praça 7, onde estava marcado o ato Vidas Negras Importam, para 15h.

Pelo menos mil pessoas estiveram presentes nas duas passeatas, que contaram com grande apoio de artistas de Belo Horizonte. Em tempos de pandemia e em defesa do isolamento social, os movimentos organizadores pediram pelo uso de máscaras, álcool em gel e o máximo de distanciamento possível entre as pessoas.

Durante o caminho, os participantes gritaram por justiça, respeito, democracia e pela saída do presidente Jair Bolsonaro. Cartazes lembravam as vidas interrompidas dos jovens João Vitor (Rio de Janeiro), Miguel Otávio (Recife), do americano George Floyd e da vereadora Marielle Franco.

Scroll To Top