Now Reading
Ai Weiwei cria máscaras com manifesto à individualidade e à coletividade

Ai Weiwei cria máscaras com manifesto à individualidade e à coletividade

O artista chinês Ai Weiwei, conhecido por seu extenso trabalho político, social e crítico à ditadura do país, lançou uma linha própria de máscaras que terão os recursos de venda destinados às organizações Human Rights Watch, Refugees International e também ao Médicos sem Fronteiras.

Nas palavras do artista: “A Pandemia de COVID-19 é uma crise humanitária. Ela desafia nosso entendimento sobre o século XXI e alerta para perigos que estão pela frente. Ela requer cada indivíduo para agir, tanto individualmente como coletivamente”.

E segue: “Não basta refletir sobre as novas condições e passar o tempo sem habitar completamente este momento. Realizar a necessidade interna de participar dá um novo significado à vida durante a COVID. É por isso que estou sempre envolvido. Recuso-me a aceitar qualquer parte da vida como uma perda completa”.

As máscaras de Ai Weiwei são serigrafadas com alguns de seus trabalhos emblemáticos, como a série fotográfica Study of Perspective (Estudo de perspectiva), em que o artista aponta o dedo do meio para instituições, monumentos e marcos significativos de todo o mundo.

A série fotográfica Study of Perspective foi uma das escolhidas para a serigrafia das máscaras.

“Nosso pequeno ato individual se torna poderoso quando faz parte da resposta social. Um indivíduo usando uma máscara faz um gesto; uma sociedade usando máscaras combate um vírus mortal. E uma sociedade que usa máscaras por causa das escolhas dos indivíduos, e não por causa das diretrizes das autoridades, pode desafiar e resistir a qualquer força. Nenhuma vontade é muito pequena e nenhum ato é impotente.”

As máscaras foram colocadas à venda no Ebay – e também inclui estampas de outros trabalhos famosos, como o Sunflower Seeds. Cada máscara (descartável) custa US $50 (em torno de R$265), mais o valor de frete. O que motivou o comentário mais curtido no Instagram do artista: “$50 + $100 de frete por uma máscara que não é reutilizável? Em nome de caridade?🖕 Foda-se você”.

Outro usuário então respondeu: “US $50 por uma obra de arte de um homem que ficou preso por anos por sua desobediência e voz a um regime comunista. E sua missão ao longo da vida é conscientizar muitas causas. Talvez você deva ligar as notícias e ver o que está acontecendo fora da sua zona de conforto, mano”.

E o embate seguiu. 

Scroll To Top
preloader